Fátima: “Pseudorreforma política vai aprofundar o abismo entre o Parlamento e a sociedade”

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
A senadora Fátima Bezerra fez, nesta quarta-feira (16), duras críticas à proposta de reforma política em discussão na Câmara dos Deputados (PEC 77/2003).  Para ela, o que chamou de “pseudorreforma” vai aprofundar ainda mais a crise que afeta a representatividade do sistema político.  

“Nós reconhecemos que é extremamente necessária a reforma política, mas que necessita, antes de mais nada, de ser amplamente debatida com a sociedade, porque, do contrário, essa pseudorreforma vai aprofundar a crise que afeta o sistema político, aumentando ainda mais o abismo que existe entre o Parlamento e a sociedade”, disse.

Fátima lembrou que o Partido dos Trabalhadores voltou a defender, no seu VI Congresso, o financiamento público de campanha. “O PT sempre foi contra o financiamento empresarial a partidos e campanhas. Não podemos aceitar um retrocesso inimaginável que seria a volta do financiamento empresarial. No entanto, não apoiamos esse valor que a Câmara está apresentando, de R$ 3,5 bilhões. Isso é um exagero! O valor do financiamento pode ser bem menor”, criticou.

A senadora fez questão de destacar que o partido também defende o sistema de voto proporcional com lista partidária preordenada, a cláusula de desempenho, federações partidárias e mecanismos que possibilitem uma maior participação feminina na política.  “Defendemos campanhas mais simples, mais modestas, mais pé no chão; campanhas com mais ideias, mais debates, campanhas, portanto, com menos marketing, menos pirotecnia e menos personalismo. Defendemos uma reforma política que tenha um olhar de gênero, que inclua mecanismos para promover a participação política das mulheres”, completou.

PNE

Durante seu pronunciamento, a senadora Fátima Bezerra também repudiou o fato de o presidente Michel Temer ter colocado, entre os mais de 40 vetos do governo à Lei de Diretrizes Orçamentárias de 2018, artigo que priorizava a execução das metas do Plano Nacional de Educação (PNE). A parlamentar lembrou que o PNE não é uma agenda qualquer, mas uma agenda decisiva para garantir a melhoria da educação e, portanto, um futuro melhor para o país. 

 “Este Governo que está aí, não tem nenhum compromisso com o marco legal que deve, de acordo com lei, nortear as políticas educacionais até 2024, que é o nosso Plano Nacional da Educação, que garante o cumprimento do que determina a nossa Constituição Cidadã na área da educação. O Governo Temer está jogando o PNE na lata do lixo. É um ato, além de irresponsável, antipedagógico deste Governo ilegítimo. Este Congresso tem que se levantar, tem que se posicionar. Isso é um desrespeito! Temos que exigir a derrubada desse veto”, sugeriu a senadora, que é professora.
Image and video hosting by TinyPic

Venha conferir as novas Promoções e Ofertas na Redecon Espaço da Construção em São José de Mipibu/RN

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
A Redecon Espaço da Construção em São José de Mipibu/Rn, está com ótimas promoções para quem quer economizar. Tudo em acessórios; Material de Construção, Decoração, Pinturas, Pisos, dentre demais. A Redecon, ao longo de todos os mêses conta ainda com um show de Ofertas e Promoções que satisfaz ao consumidor.
 Além de oferecer ainda, diversos tipos de qualquer acessório. A Redecon Espaço da Construção está localizada na Rua Jaime Sales Nº 178 - São José de Mipibu/RN, entregamos em domicílio. Ligue: (84) 3273-2288.
 Pisos
 Promoção toda linha Blanc
 Lampadas de LED
 Lampadas de LED
 Promoção!
 Hidracor Textura
 Tecplus
 Lixeira 3 litros
 Promoção Sanitários
 Tintas
 Luminárias
 Carros de Mão
Image and video hosting by TinyPic

Delatora diz que governador do RN recebia R$ 100 mil por mês de funcionários fantasmas da AL

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Imagem relacionada
A ex-procuradora-geral da Assembleia Legislativa do RN, Rita das Mercês Reinaldo, afirmou ao Ministério Público Federal que o governador Robinson Faria (PSD) embolsou cerca de R$ 100 mil por mês, entre 2006 e 2010, através da contratação de servidores fantasmas na AL. A denúncia foi feito em acordo de delação premiada com o MPF.

As informações constam na decisão do ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), à qual teve acesso a repórter Camila Bomfim, da TV Globo. O ministro expediu mandatos de busca e apreensão contra o governador e a prisão temporária de dois servidores públicos ligados a Robinson, dentro da operação Anteros, deflagrada nesta terça-feira (15).

Em nota, o governador Robinson Faria nega veementemente a prática de qualquer irregularidade durante seu mandato de deputado estadual, encerrado em 2010, e reforça que sempre esteve à disposição para prestar qualquer esclarecimento.

Ainda de acordo com o documento, o governador Robinson Faria tentou comprar o silêncio de Rita das Mercês por meio de seus assessores Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis, presos nesta terça. Em junho de 2017, eles procuraram a filha de ex-procuradora e o própria Rita das Mercês para oeferecer 'ajuda' financeira para pagar dívidas de condomínio dela.

A defesa de Magaly Cristina da Silva disse que vai provar a inocência da servidora na Justiça. O G1 não conseguiu o contato com a defesa de Adelson Freitas.
Desvios na AL
Robinson começou a presidir a Assembleia em 2003. De acordo com a delatora, a partir de 2006 ele passou a determinar a inclusão, na folha de pagamento, de pessoas que "não exerciam quaisquer funções no Órgão, com o único objetivo de desviar recursos públicos oriundos de suas remunerações em favor do presidente e de outras pessoas".

Rita afirmou que inicialmente foram nomeadas pessoas para cargos em comissão que existiam na estrutura do Legislativo, mas que não exerciam nenhuma atividade. O pagamento era feito com propositadamente por meio de cheques-salário que eram descontados pelo envolvidos no esquema dentro de uma agência na própria Assembleia e eram repassados ao governador através de assessores dele.

Segundo a delatora, quando não havia mais cargos disponíveis na AL, o então presidente mandou que fossem incluídas pessoas na folha para recebimento de gratificações. Quando esse tipo de nomeação também se esgotou, uma novo formato o grupo encontrou outra solução para continuar os desvios.
"A terceira modalidade de desvio surgiu em razão da inexistência de cargos comissionados livres e da extrapolação do número de gratificações passíveis de serem concedidas. Diante deste cenário, de acordo com Rita das Mercês, Robinson Faria determinou a arregimentação de pessoas e a simples inclusão na folha de pagamento, sem que fossem nomeadas para algum cargo ou mesmo designados para o recebimento de gratificação", diz o documento.

As investigações contra o governador Robinson Faria surgiram a partir da Operação Dama de Espadas, do Ministério Público Estadual, que apurava a existência de servidores fantasmas na ALRN. O filho de Rita das Mercês, Gutson Reinaldo, foi o primeiro a fechar acordo de delação premiada. Como ele citou o governador Robinson Faria, que tem foro privilegiado, o caso chegou ao Superior Tribunal de Justiça. Um dos principais alvos da operação, a ex-procuradora procurou diretamente o MPF para propor a delação. Outro filho dela, Gustavo Villarroel, também fechou acordo.

A defesa de Rita das Mercês e do filho dela, Gustavo Villarroel, disse que tudo vai ser esclarecido com a Justiça e os órgão de investigação.

do G1 RN
Image and video hosting by TinyPic

MPF denuncia Henrique Alves por beneficiar pessoas próximas com passagens pagas pela Câmara

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
O ministro do Turismo, Henrique Eduardo Alves (Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil)
ÉPOCA - Preso atualmente por dois mandados de prisão preventiva, um do Distrito Federal e outro do Rio Grande do Norte, o ex-presidente da Câmara Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN) foi alvo de nova acusação nesta semana. O Ministério Público Federal em Brasília denunciou o ex-deputado por peculato no escândalo conhecido como farra das passagens. O peemedebista foi acusado de ter comprado 306 bilhetes aéreos nacionais e internacionais para terceiros entre 2007 e 2009, um gasto total de R$ 206 mil para os cofres da Câmara.

Segundo a procuradoria, há indícios de que familiares tenham sido beneficiados, entre eles filhos e uma das ex-mulheres de Henrique Alves. Miami e Buenos Aires foram alguns dos destinos. O caso tramitava no Tribunal Regional Federal (TRF) da 1ª Região, mas foi baixado para a primeira instância. Na segunda-feira (14), a procuradora Sara Moreira de Souza Leite apresentou a denúncia à 12ª Vara Federal do Distrito Federal. Procurada, a defesa de Henrique Alves afirmou que ainda não tomou conhecimento da acusação.

da ÉPOCA
Image and video hosting by TinyPic

STJ poderá afastar Robinson Faria do cargo de governador

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Resultado de imagem para Robinson Faria
BLOG HEITOR GREGÓRIO/TN -  Superior Tribunal de Justiça (STJ) poderá afastar o Governador Robinson Faria (PSD) do cargo, a partir da operação em curso iniciada ontem (15), que lhe tem como alvo principal.

A Polícia Federal pediu ao STJ para tomar medidas mais incisivas contra o governador, como uma condução coercitiva, mas o MPF sugeriu apenas mandados de busca e apreensão no momento, o que foi acatado pelo Ministro Raul Araújo.

Pelas informações já em poder da Polícia Federal e o que foi colhido na delação de Rita das Mercês, Anteros está apenas começando, basta acompanhar o despacho do Ministro.

do blog Heitor Gregório/TN
Image and video hosting by TinyPic

STJ MANTÉM CONDENAÇÃO Vitória na Justiça sobre Bolsonaro é contra o ódio e a violência, diz Maria do Rosário

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Decisão foi tomada por quatro votos a zero.“É uma grande vitória das mulheres brasileiras contra a violência. Ninguém está acima da lei, nenhum parlamentar ou quem quer que seja”, afirma deputada

São Paulo – Por unanimidade (quatro votos a zero), a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) rejeitou nesta terça-feira (15) recurso do deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ), que contestava decisão do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) por danos morais contra a deputada Maria do Rosário (PT-RS). No dia 9 de dezembro de 2014, da tribuna da Câmara, o parlamentar atacou a petista dizendo que não estupraria porque “ela não merece”.

“É uma grande vitória das mulheres brasileiras contra a violência. Ninguém está acima da lei, nenhum parlamentar ou quem quer que seja, pode se esconder na imunidade para cometer violência”, afirma Maria do Rosário. Para a deputada, a decisão judicial é ainda mais relevante em um momento da história brasileira em que a violência é estimulada dentro das próprias instituições. “Num período em que muitos setores vinculados ao ódio ocupam espaços públicos, essa é uma vitória contra o ódio, contra o terror, contra a violência sexual, capaz de proteger muitas mulheres”, diz. 

O TJDFT condenou Bolsonaro a pagar R$ 10 mil à deputada por danos morais. Ele terá também de veicular uma retratação pública em jornal de grande circulação e em seus canais oficiais no Facebook e YouTube. A deputada afirma que vai doar o valor referente à condenação a entidades que atuam em defesa da mulher.

Relatora do processo, a ministra Nancy Andrighi refutou o principal argumento da defesa de Bolsonaro, que usou o Artigo 53 da Constituição, segundo o qual “os deputados são invioláveis por suas opiniões, palavras e votos no exercício das funções do mandato.”

Porém, para a ministra relatora, a imunidade parlamentar não pode ser invocada no caso. “Em manifestações que não guardam nenhuma relação com a função parlamentar, sem teor minimamente político, afasta-se a relação com a imunidade parlamentar. Considerando que as ofensas foram vinculadas pela imprensa e pela internet, a localização é meramente acidental”, destacou.

Mais do que isso, Nancy Andrighi afirmou: "a expressão 'não merece ser estuprada' constitui uma expressão vil que menospreza a dignidade de qualquer mulher, como se uma violência brutal pudesse ser considerada uma benesse, algo bom para acontecer com uma mulher".

A decisão do STJ é um dos processos de que Bolsonaro foi objeto após as ofensas à deputada. Bolsonaro responde a dois processos na esfera criminal em andamento no Supremo Tribunal Federal (STF), onde ele é réu. No início de março, por unanimidade, a Primeira Turma do STF rejeitou recursos do deputado, que tentou evitar passar à condição de réu, por incitação ao crime de estupro e injúria.

Os ministros do Supremo rejeitaram embargos de declaração no Inquérito (INQ 3932), de autoria do Ministério Público Federal (MPF), e na queixa-crime (Petição 5243), apresentada pela própria Maria do Rosário. Ambos são apreciados conjuntamente pela corte. Na próxima semana o tribunal dará continuidade ao processo, com audiências de depoimentos. 
Image and video hosting by TinyPic

PF investiga o governador do RN

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Suspeito de obstruir a justiça, governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria, do PSD, tem imóveis vasculhados durante operação da Polícia Federal.
Image and video hosting by TinyPic

Fátima destaca importância da Unila e Unilab para democratização do acesso à universidade

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
A senadora Fátima Bezerra defendeu, nesta terça-feira (15), durante audiência pública na Comissão de Direitos Humanos e Legislação Participativa, a importância da Universidade Federal da Integração Latino–Americana (Unila), da Universidade Federal da Integração Luso-Afro Brasileira (Unilab) e dos institutos federais do Brasil, para o desenvolvimento social e economia do país e do Mercosul.

O atual governo vem tirando recursos do ensino superior para cobrir o rombo de suas despesas, prejudicando, mais uma vez, o funcionamento das instituições e a democratização do ensino superior. Além da questão financeira, a Unila, por exemplo, tem enfrentado tentativas de se acabar com seu projeto acadêmico. Existe na Câmara dos Deputados, uma emenda aditiva, de autoria do deputado federal Sérgio Souza (PMDB/PR), à Medida Provisória nº 785/2017, que reformula o FIES. A emenda desmembra parte importante da Unila, transformando-a em universidade específica, o que foge totalmente à ideia de integração latino-americana proposta em seu projeto original.
A senadora Fátima Bezerra lembrou que a Unila e a Unilab são importantes instituições de integração do ensino oferecidas, no primeiro caso, a jovens latino-americanos e, no segundo, aos estudantes de países de língua portuguesa, e não podem ser prejudicadas por medidas arbitrárias de um governo que já mostrou que não tem a educação como prioridade. “A educação é uma das áreas mais atacada pelo governo do presidente Michel Temer. Desde que ele assumiu a Presidência da República e Mendonça Filho, o Ministério da Educação, testemunhamos retrocessos antes inimagináveis no campo educacional”, disse.

Para a senadora, a situação de penúria que vive as universidades e os institutos federais falam por si. “Chegamos a um ponto em que as universidades não têm dinheiro sequer para pagar suas contas de água e energia elétrica. Investimento virou uma palavra proibida no dicionário das universidades e dos institutos”, completou.

Fátima informou também que pautará o tema, na próxima segunda-feira, na reunião do Parlasul, em Montevidéu.  “Vamos solicitar que a comissão de Educação e o Plenário se posicionem contra as tentativas de desmonte da Unila e da Unilab. Isto não pode prosperar. Temos que lutar pela expansão e pelo fortalecimento das universidades públicas brasileiras, e essas duas importantes instituições não podem ficar de fora”, destacou.

Além da parlamentar, o Rio Grande do Norte estava representado, na audiência pública, pela deputada Zenaide Maia e pelo o reitor do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Rio Grande do Norte, Wyllys Abel Farkatt Tabosa.
Image and video hosting by TinyPic

APOIO AO IMPEACHMENT TIROU CHANCES DE MARINA EM 2018, DIZ FUNDADOR DA REDE

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Um dos fundadores e ex-membro da Rede Sustentabilidade, o cientista político e antropólogo Luiz Eduardo Soares disse que a ex-senadora Marina Silva, principal liderança do partido, "queimou caravelas" e perdeu a chance de disputar à Presidência em 2018 na posição de favorita devido ao seu apoio ao impeachment de Dilma Rousseff; "Quando ela assumiu essa posição, extremamente irresponsável do ponto de vista da democracia, acho que ela queimou as caravelas relativamente ao campo das esquerdas. Não só do PT, das esquerdas", avalia; "Ela hoje teria todas as condições de ser favorita nas eleições de 2018 se tivesse se mantido contra o impeachment", afirmou; para Soares, o apoio ao impeachment "entregou o país ao núcleo mais perigoso da política nacional, o PMDB"

247 - Um dos fundadores e ex-membro da Rede Sustentabilidade, o cientista político e antropólogo Luiz Eduardo Soares disse que a ex-senadora Marina Silva, principal liderança do partido, "queimou caravelas" e perdeu a chance de disputar a Presidência da República na posição de favorita após apoiar o impeachment que tirou Dilma Rousseff do poder no ano passado.

"Quando ela assumiu essa posição, extremamente irresponsável do ponto de vista da democracia, acho que ela queimou as caravelas relativamente ao campo das esquerdas. Não só do PT, das esquerdas", avaliou. "Isso circunscreve o seu potencial eleitoral e político", completou Soares em entrevista à BBC Brasil (leia aqui a íntegra).
Ele conta que sua "divergência com a Marina teve a ver com seu apoio ao impeachment". "Ela tinha sempre se manifestado contrária. O [deputado federal Alessandro] Molon entrou para o partido depois que ela se comprometeu a ser contrária. E uma semana antes da votação, ela se pronunciou a favor do impeachment, sem nos consultar", relatou.
"Ser a favor do impeachment significava entregar o país ao núcleo mais perigoso da política nacional, o PMDB. Quando ela assumiu essa posição, extremamente irresponsável do ponto de vista da democracia, acho que queimou as caravelas relativamente ao campo das esquerdas. Não só do PT, das esquerdas", avaliou. Para ele, "retirar a Dilma para levar o representante do PMDB para o poder em nome da ética é despudoradamente hipócrita". 
"Ela hoje teria todas as condições de ser favorita nas eleições de 2018 se tivesse se mantido contra o impeachment. Poderia unificar o campo das esquerdas com um discurso palatável, capaz de suscitar respeito entre eleitores do centro, e a população evangélica também se reconheceria nela. Ela viria com um potencial eleitoral muito grande", destacou.
"Ela deixou de ser espontânea e genuína. Essa era a sua marca. Passou a estar sempre numa posição ambígua, com poucas definições claras, e a jogar o jogo mais tradicional. Mas sem dúvida é uma candidatura forte potencialmente", completou Soares.
Ele destaca que para 2018, "Lula é um forte candidato, porque para a maioria da população fez o melhor governo que experimentaram. E de fato os resultados foram notáveis, superiores aos governos anteriores em termos de crescimento e de redução de desigualdades. Ele saiu com 85% de aprovação popular. Isso é um patrimônio extraordinário, que está sendo erodido pelas denúncias constantes da mídia".
Image and video hosting by TinyPic

Robinson Faria nega 'prática de qualquer irregularidade' na ALRN

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Resultado de imagem para Robinson Faria nega 'prática de qualquer irregularidade' na ALRN
O governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), se pronunciou sobre as investigações da Polícia Federal que apuram o envolvimento dele e de assistentes de sua confiança em um suposto esquema de desvio de recursos públicos da Assembleia Legislativa do estado por meio de contratação de funcionários fantasmas desde 2006. "O Governador Robinson Faria nega veementemente a prática de qualquer irregularidade durante seu mandato de deputado estadual", disse ele, por meio de advogado.

Assinada pelo advogado José Luis Oliveira Lima, a nota enviada à imprensa afirma que o governador sempre esteve à disposição para prestar qualquer esclarecimento.

"Apesar de não concordar com a diligência realizada nesta data, [o governador] tem profundo respeito pela Justiça e confia no rápido restabelecimento da verdade. Até o momento a defesa não teve acesso aos autos", informou.

Operação
Denominada Anteros (divindade grega que semeia a discórdia, o ódio, e prejudica a afinidade dos elementos), a operação cumpriu buscas em imóveis do governador, na Assembleia Legislativa e sede do Executivo estadual.

Foram presos temporariamente Magaly Cristina da Silva e Adelson Freitas dos Reis. A primeira foi servidora na Assembleia Legislativa desde 1987, a convite de Robinson quando ele ainda era deputado estadual. Antes, Magaly trabalhava como secretária na empresa da família do governador. Servidor aposentado da AL, Adelson trabalha atualmente no gabinete de Robinson.

do G1 RN
Image and video hosting by TinyPic

Ouvidoria da Defesa Social levou projeto Ouvidoria Itinerante à Canguaretama, RN

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Na última quinta feira (10), a equipe da Ouvidoria da Defesa Social levou as atividades do projeto Ouvidoria Itinerante ao municipio de Canguaretama, situada no leste potiguar.

Dessa vez as atividades aconteceram no auditório do Instituto Federal do Rio Grande do Norte - IFRN, campus Canguaretama e contou com a participação de alunos e professores.

A atividade consistiu na realização de palestra, tratou das atribuições de Ouvidoria e do controle social da atividade policial, como também na distribuição de folders e cartilhas com orientações, informações e canais de contato.

 da Ouvidoria/SESED
Image and video hosting by TinyPic

PF tem gravação de assessor de Robinson entregando dinheiro a filho de Ritinha em troca de silêncio

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
A imagem pode conter: 1 pessoa, óculos e close-up
Na decisão do Ministro Raul Araújo, do Superior Tribunal de Justiça (STJ), consta uma gravação em poder da Polícia Federal, onde Adelson Reis, o “Zé Bonitinho”, que foi preso na manhã desta terça-feira (15), aparece entregando dinheiro a Gustavo Villaroel, filho da ex-procuradora-geral da Assembleia, Rita das Mercês, em troca do silêncio, segundo o próprio Gustavo em acordo de delação premiado.

O dinheiro seria para pagar ao advogado de defesa de Rita das Mercês, que também já fez delação premiada ao MPF.

Outro filho de Ritinha, Gutson Reinaldo, também já fez delação premiada e a partir da peça que subiu ao STF, por envolver um deputado federal, o Ministro Fachin encaminhou ao STJ a parte que envolve o Governador Robinson Faria, o que culminou na Operação de hoje, após junção com os dados da delação da ex-procuradora.

Na decisão do Ministro, consta ainda que, supostamente, Robinson vinha fazendo o pagamento dos advogados de defesa das pessoas investigadas na Operação Dama de Espadas.

do blog Heitor Gregório/TN
Image and video hosting by TinyPic

O ator Henri Castelli leva multa ao posar com peixe ameaçado de extinção

agosto 16, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
O ator Henri Castelli publicou recentemente em seu Instagram uma foto que rendeu muita polêmica. Na imagem, o ator posa com um peixe gigante chamado mero, uma espécie ameaçada de extinção e que tem a pesca proibida em todo o território brasileiro até 2023.

"Pra depois ninguém falar que é papo fiado. Taí a prova do dia!!", escreveu o ator na legenda da imagem. Ele ainda usou a hashtag "vida de pescador não é fácil". "Matou um animal em extinção!!! Parabéns!", escreveu uma seguidora.

Após a péssima repercussão, Henri Castelli apagou a foto. No entanto, vários perfis salvaram a imagem, que se espalhou em grupos ambientalistas. Um mero pode chegar a medir três metros, pesar 400 quilos e viver até 40 anos. 

De acordo com o Ibama, o ator será penalizado com uma multa fixada em R$ 5 mil por se tratar de um animal em extinção. 

do O DIA
Image and video hosting by TinyPic

Polícia Militar encontra corpo carbonizado dentro de Veículo em Primeiro Rio/Arez

agosto 15, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Policiais Militares do destacamento da cidade de Arez, interior do Rio Grande do Norte após serem acionados, encontraram na localidade de primeiro Rio, no canavial da fazenda do senhor Gentil, um corpo Carbonizado dentro de um veículo. A informação é que havia um carro queimado e no banco traseiro do veículo um corpo não identificado carbonizado, tudo leva a entender que o corpo "mulher" carbonizada trata-se da mulher ( Suetânia, motorista de um Uber ), a mesma está desaparecida desde a última sexta-feira (11) em Parnamirim.
Imagem: Reprodução
Image and video hosting by TinyPic

Coronel André Azevedo pede exoneração do Comando da Polícia Militar do RN

agosto 15, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Após passar oito meses no cargo, o coronel da Polícia Militar André Azevedo pediu exoneração do cargo de Comandante-Geral da PM-RN, que lhe havia sido atribuído em janeiro pelo governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria.

Diante da saída do coronel Azevedo, o governador nomeou para seu lugar o até então secretário-adjunto da Secretaria Estadual de Segurança Pública e Defesa Social, coronel José Osmar de Oliveira. As informações, tando da exoneração quanto da nomeação, estão publicadas no Diário Oficial do Estado (DOE).

Em dois e oito meses de governo, este é o quarto comandante-geral que a Polícia Militar do RN conhece. O cargo foi iniciado com o coronel Ângelo Mário de Azevedo. Depois passou para o coronel Dancleiton Pereira, até chegar em André Azevedo e, agora, ser repassado para José Osmar de Oliveira.

O novo comandante tem 50 anos, é natural de Recife e está na PM desde 1991.
Do Agora RN
Image and video hosting by TinyPic

Governador do RN Robinson Faria é alvo de operação da Polícia Federal

agosto 15, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Robinson Faria, governador do RN (Foto: Canindé Soares)
O Governador do Rio Grande do Norte, Robinson Faria (PSD), é alvo de uma operação da Polícia Federal deflagrada nesta terça-feira (15) que investiga a suspeita de prática dos crimes de organização criminosa e obstrução de Justiça por parte dele e de servidores do governo potiguar.
Agentes foram ao edifício onde mora o governador logo no início da manhã e também à Assembleia Legislativa e à Governadoria, no Centro Administrativo do Estado.
O G1 entrou em contato com a assessoria de Robinson Faria, mas não havia obtido um posicionamento até as 8h20.
Segundo a PF, a investigação mira "manobras ilegais" para impedir investigações sobre desvio de recursos públicos por meio da inclusão de funcionários fantasmas na folha de pagamento da Assembleia Legislativa do estado desde 2006.
Edifício onde mora o governador Robinson Faria, alvo de operação da PF nesta terça-feira (Foto: Ítalo Di Lucena/Inter TV Cabugi)
Segundo apuração da TV Globo, Robinson Faria teria tentado comprar o silêncio de um delator da operação Dama de Espadas, que investigou a contratação de funcionários fantasmas na Assembleia.
Como o governador tem foro privilegiado, as investigações foram autorizadas pelo STJ. As ordens judiciais foram assinadas pelo ministro Raul Araújo Filho.
Agentes federais também foram à Assembleia Legislativa logo que o dia amanheceu (Foto: Ediana Miralha/Inter TV Cabugi)
A operação, batizada de Anteros, visa a cumprir 11 mandados judiciais, expedidos pelo Superior Tribunal de Justiça, dos quais 2 de prisão e 9 de busca e apreensão. A PF não informou quais são os alvos de cada um.
A determinação para o início das investigações é do ministro Raul Araújo Filho, da Corte Especial do STJ. O caso está sob sigilo, segundo a PF.
Fonte: G1/RN
Image and video hosting by TinyPic

Thammy Miranda interrompe medicação contra síndrome do pânico

agosto 15, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Thammy Miranda luta contra a síndrome do pânico desde que tinha 15 anos. Para controlar a doença, o filho de Gretchen teve que recorrer a remédios controlados.

Agora, aos 34 anos, o ator procurou um curso de autoconhecimento que, segundo ele, o ajudou a interromper a medicação sem o risco de volta das crises. “Simplesmente parei com o remédio e continuo sob controle. Estava controlada, não tinha uma crise há tempos, mas agora esqueço do remédio e não sinto nada, nenhuma crise de ansiedade”, garantiu em entrevista ao jornal “Extra”.

Ao longo de um fim de semana, Thammy trabalhou seu subconsciente com técnicas baseadas na programação neurolinguística conhecida pela sigla PNL.

Em seu perfil no Instagram, o ator falou sobre a experiência. “Pessoal, muita gente está me perguntando o que é isso que estou postando. Não é religião, nem seita, nem nada vinculado a isso. É um treinamento de desenvolvimento humano, é uma viagem pra dentro de você, é autoconhecimento, é a oportunidade de ser um ser humano melhor do que você já é”, explicou em texto que acompanhou uma série de fotos com colegas e orientadores do curso.




Veja também: Thammy Miranda conta como é viver com síndrome do pânico
Image and video hosting by TinyPic

Padre Julio Lancelotti é processado por Bolsonaro

agosto 15, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
julio lancelotti bolsonaro.jpg
Em março, o religioso e integrante da Pastoral do Povo de Rua de São Paulo chamou o parlamentar de "racista, machista e homofóbico"

São Paulo – O padre Julio Lancelotti está sendo processado pelo deputado federal Jair Bolsonaro (PEN-RJ), por chamar o parlamentar de racista, machista e homofóbico, em março passado. Em entrevista à Rádio Brasil Atual, nesta segunda-feira (14), ele diz que a ação movida pelo político de extrema-direta é controverso. 
"Se fala em liberdade de expressão para ele poder dizer o que ele quer, com discurso contra negros, quilombolas, mulheres e a comunidade LGBT, mas acha que ninguém pode contrariá-lo", questiona. "Muitas pessoas acham que a liberdade é poder dizer tudo que eu penso. Se o discurso ofende o mais fraco, o outro, eu não tenho direito de dizer", completou Lancelotti.
O religioso discursava contra a cultura do ódio, durante a pregação que marcou o primeiro dia da Quaresma para os católicos. Julio se disse assustado pela devoção provocada por "uma figura homofóbica e violenta" como Jair Bolsonaro. "Eu fico impressionado — e não tenho medo dizer, não precisa cortar a gravação –, que uma pessoa homofóbica, violenta como Bolsonaro, apareça nas pesquisas eleitorais e seja seguido por tanta gente no Brasil. Isso é vergonhoso", disse.
Na ocasião, Bolsonaro criticou o ato de usar uma pregação dentro da igreja para ataca-lo. Ele considerou "absurdo" utilizar-se do nome de Deus "para praticar blasfêmia e calúnias".

Assassinato 

O religioso e integrante da Pastoral do Povo de Rua de São Paulo também comentou a morte de três moradores de rua – dois homens e uma mulher –, assassinados a tiros na madrugada de sábado (12), na avenida Senador Teotônio Vilela, em Cidade Dutra, na zona sul de São Paulo. "Foi uma execução. Foi uma ação covarde e premeditada. Nós temos que estar atentos a essa onda neonazista que toma a sociedade", afirmou.
Image and video hosting by TinyPic

FÁBIO ASSUNÇÃO E TÁSSIA CAMARGO SE FILIAM AO PT

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Os atores Fábio Assunção e Tássia Camargo decidiram se filiar ao PT – uma tendência que tem crescido desde que o ex-presidente Lula foi condenado pelo juiz Sergio Moro

247 – Os atores Fábio Assunção e Tássia Camargo decidiram se filiar ao PT – uma tendência que tem crescido desde que o ex-presidente Lula foi condenado pelo juiz Sergio Moro.

As informações são da coluna Expresso:

O presidente do PT no Rio de Janeiro, Washington Quaquá, comemorou as filiações dos atores Fábio Assunção e Tássia Camargo à legenda. Segundo Quaquá, os artistas estimularão o ingresso de mais pessoas no partido. Ainda de acordo com o dirigente estadual do PT, a presença do ex-presidente Lula na capital fluminense na semana passada foi fundamental para que os artistas se decidissem pela filiação. 

No vídeo abaixo, a jovem Isabela Favieiri explica por que se filiou ao PT após a condenação de Lula:
Image and video hosting by TinyPic

PM morto em troca de tiros com bandidos no rio Potengi é sepultado em Parnamirim

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Cerimônia reuniu familiares, amigos e policiais em Parnamirim (Foto: Clayton Carvalho/Inter TV Cabugi)
Velório e enterro aconteceram na tarde desta segunda-feira (14). Corpo do policial foi encontrado em região de mangue no domingo (13).

O subtenente aposentado da PM Amaurí Soares Firmo, de 51 anos, foi sepultado no Cemitério de Parnamirim, na Grande Natal, na tarde desta segunda-feira (14). O velório aconteceu na Igreja Batista da mesma cidade, e durou aproximadamente uma hora.

O corpo do policial da reserva foi encontrado pelas equipes de busca do Corpo de Bombeiros na noite deste domingo (13) em uma área de mangue. Amaurí estava desaparecido desde a última quinta-feira (10), quando trocou tiros com criminosos no rio Potengi, na Zona Leste de Natal.

Amaurí e dois amigos pescavam em um barco quando foram atacados. Os amigos pularam na água e se salvaram. Um dos bandidos foi ferido e socorrido. Os demais fugiram em uma canoa.
O velório e o enterro reuniram vários amigos, familiares, companheiros de trabalho e também do grupo de pesca do qual participava Amaurí Firmo. O corpo foi levado em cortejo ao cemitério, guiado por batedores da Polícia Militar.

O ataque

Além do subtenente Amaurí, também estavam no barco o sargento João Maria da Silva e um amigo, que é civil. Eles pescavam quando uma canoa se aproximou. A polícia investiga se os criminosos tinham a pretensão de assaltar ou atiraram contra o barco achando que o grupo fazia parte de alguma facção criminosa rival.

Em meio ao tiroteio, o sargento e o amigo pularam na água. Atingido pelos disparos, o subtenente não conseguiu escapar e desapareceu no rio. Um dos criminosos, ferido, de alguma forma chegou ao hospital em busca de socorro. Lá, ele foi atendido e preso.

O amigo dos policiais foi o primeiro a ser encontrado. Ele nadou até a área onde fica a Cavalaria da PM e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na Zona Norte da cidade, e lá conseguiu se abrigar. O sargento ainda passou mais de 5 horas escondido em um viveiro de camarão, até ser encontrado e resgatado. Ambos passam bem, apesar do trauma.
do G1 RN
Image and video hosting by TinyPic

Delegacia do Consumidor investiga anúncio errado de smart TV a R$ 279 em Natal

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Antes de a etiqueta ser retirada, uma cliente fotografou o valor exposto pelo produto (Foto: Roberto Lucena)
Supermercado impediu as vendas e foi autuado pelo Procon. Preço correto, segundo a loja, seria R$ 2.999.

A Delegacia Especializada de Defesa do Consumidor (Decom) vai apurar se os clientes têm ou não direito de comprar, pelo valor exposto na prateleira, as TVs LCD de 55 polegadas anunciadas com preço errado em um supermercado na Zona Sul de Natal. O caso foi registrado no sábado (12), quando oito consumidores tentaram adquirir os televisores pelo preço indicado nas etiquetas: R$ 279. Entretanto os funcionários da loja os impediram, afirmando que havia ocorrido um erro e que os aparelhos são vendidos a R$ 2.999.

De acordo com o delegado Osmir de Oliveira Monte, titular da Decom, os envolvidos na situação serão intimados para irem à delegacia prestar depoimento. “Nesse caso, há duas vertentes: ou eles estão certos e o estabelecimento precisa vender ao preço indicado na prateleira, ou a desproporcionalidade do valor real para o errado indicaria, por si só, que não haveria como ser aquele da etiqueta o preço do televisor. Vamos apurar para ver qual das duas ocorreu neste caso”, explica Monte.

O Procon do Rio Grande do Norte foi acionado ainda no sábado (12) pelos consumidores, e autuou o supermercado. “Registramos um auto de constatação, que é um documento no qual fica atestado pelo órgão de defesa do consumidor que houve ilegalidade, que a empresa feriu o Código, se negou a cumprir com relação a esses oito consumidores”, esclarece o diretor do órgão, o advogado Cyrus Benavides.

A loja tem 10 dias para apresentar defesa. Benavides disse que mais pessoas, além dos oito clientes envolvidos na ação, tentaram adquirir os aparelhos. No entanto, foi verificado que elas tentaram se aproveitar da situação, e, por isso, não foram colocadas no processo. “Orientamos à empresa que, nesses casos, não estimule o enriquecimento ilícito dessas pessoas”, afirma.

Ainda segundo o diretor do Procon, após a análise da defesa do estabelecimento, o órgão fiscalizador pode ou não aplicar uma multa por conta da infração. “Queremos deixar claro que não estamos do lado nem do supermercado, nem dos consumidores. O Procon é um órgão que fiscaliza o cumprimento do Código de Defesa do Consumidor, que é uma lei federal”, enfatiza.
Benavides explica que a multa, caso seja aplicada, é calculada com base em uma porcentagem do faturamento da empresa nos últimos três meses. Além disso, são levadas em conta a quantidade de pessoas lesadas e a possibilidade de o estabelecimento ser reincidente em infrações. O cálculo com o resultado é apresentado em até 15 ou 20 dias, segundo Benavides. “E cabe recurso à empresa”, acrescenta.

De toda maneira, o diretor do Procon diz que os consumidores podem ainda acionar o Juizado Especial, para tentar comprar os televisores pelo preço indicado na etiqueta.
do G1 RN
Image and video hosting by TinyPic

Corpo de uruguaio é encontrado nas falésias da Praia de Pipa, litoral Sul do Estado

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Do Agora RN
As falésias da Praia de Pipa, localizada no município de Tibau do Sul, um dos lugares mais badalados do Rio Grande do Norte, foram palco de uma cena triste na tarde deste sábado, 12.

O corpo de um turista uruguaio identificado como Ricardo Miguel Ferreira Facilli, de 42 anos, foi encontrado no local por outros turistas. A Polícia Miliar foi comunicada imediatamente.

De acordo com a PM, o corpo foi encontrado por volta das 15h40 e estava sob o mirante do Santuário Ecológico, na Praia dos Golfinhos. O Corpo de Bombeiros precisou ser acionado para fazer a remoção do cadáver.
Ainda não pistas para a motivação do crime e nem possíveis suspeitos. A Polícia Civil ficará encarregada de investigar o caso.
Image and video hosting by TinyPic

Cantor de banda de forró é assassinado na Paraíba e polícia suspeita de queima de arquivo

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
O cantor da banda de forró Beleza Pura, Cezar Gama, 32 anos, foi assassinado a tiros no início da tarde deste sábado (12), na praia Ponta de Campina, na cidade de Cabedelo, na Região Metropolitana de João Pessoa.

Três suspeitos do crime foram presos pela Polícia Militar horas depois.

De acordo com a Polícia Militar, o cantor estava na praia na companhia dos três suspeitos quando houve um desentendimento entre eles e logo em seguida dos tiros.  A vítima ainda foi socorrida pelo Samu para o Hospital de Emergência e Trauma de João Pessoa, mas morreu pouco tempo depois de dar entrada na unidade.

Logo após do crime, os três suspeitos que estavam na companhia da vítima fugiram do local, mas foram flagrados por circuito de câmera de um prédio. O serviço de inteligência da PM caiu em campo e conseguiu prender os suspeitos.

Testemunhas relataram que um dos presos seria filho de um PM. Os três suspeitos são moradores da cidade de Bayeux, assim como o cantor. A Polícia acredita que a vítima foi morta como uma queima de arquivo já que o cantor sabia que um dos suspeitos tinha praticado um assassinato recentemente. A polícia recebeu a informação de que o carro da vítima teria sido incendiado.
Os presos foram levados para a Central de Polícia Civil de João Pessoa.
Fonte: PB Hoje
Image and video hosting by TinyPic

Homem escondia em casa na cidade de Goianinha/RN dinheiro roubado de agências bancárias e explosivos

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Uma ação conjunta da Polícia Civil da Paraíba e da Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado (Deicor) prendeu em flagrante, nesta quarta-feira (09), José Carlos Silva do Nascimento e Laerte Ambrósio de Oliveira, um dos maiores assaltantes de bancos no nordeste e integrante da facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC).
Eles foram encontrados em um carro roubado, com documentos de identificação falsos. 
A prisão foi em decorrência da investigação realizada pela Deicor para elucidar os casos de roubos à agências bancárias no Rio Grande do Norte.
Laerte é o chefe da quadrilha que fugiu na ação realizada pela Deicor na cidade de São José do Mipibu no último dia 29 de julho, em que foram apreendidos em uma granja diversos materiais utilizados nos roubos e material explosivo o suficiente para causar explosões em até 200 agências bancárias. Na ocasião a quadrilha conseguiu furar o cerco policial e fugir. José Carlos também é integrante da quadrilha. Hoje, Laerte Ambrósio, um dos maiores assaltantes de bancos ocorridos no Nordeste, sendo citado em ocorrências que vão desde o estado da Bahia ao estado do Ceará, foi capturado na Paraíba em um veículo modelo Citroen com José Carlos
Ponto de apoio em Goianinha
José Carlos era pago por Laerte Ambrósio para esconder em uma casa alugada na Rua Buriti da cidade de Goianinha o dinheiro roubado das agências bancárias, explosivos, armas e demais materiais utilizados nos roubos, além de servir como ponto de encontro e apoio para os integrantes da quadrilha.
dfrt
 As investigações da polícia comprovam que Laerte Ambrósio participou dos roubos à agências bancárias ocorridos nas cidades Monte Alegre e Belém localizado no estado da Paraíba, além do roubo à carro-forte na cidade de São Pedro. A dupla foi autuada em flagrante pelos crimes de receptação de veículo roubado, posse de arma de fogo de uso restrito, associação criminosa e adulteração de sinais identificadores de veículo. 
Fonte: PortalNCO
Image and video hosting by TinyPic

Bombeiros encontram corpo de subtenente da PM morto em troca de tiros com bandidos no rio Potengi

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Subtenente aposentado Amauri Soares (Foto: Arquivo Pessoal)
Equipes de busca e resgate dos Bombeiros Militares encontraram, na noite deste domingo (13) em uma área de mangue, o corpo do subtenente aposentado da PM Amaurí Soares Firmo, de 51 anos. O policial estava desaparecido desde a última quinta-feira (10), quando trocou tiros com criminosos no rio Potengi, na Zona Leste de Natal.
Amaurí e dois amigos pescavam em um barco quando foram atacados. Os amigos pularam na água e se salvaram. Um dos bandidos foi ferido e socorrido. Os demais fugiram em uma canoa.
O corpo do PM foi levado para o Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep), onde foi reconhecido pelo filho.
Canoa estava no Rio Potengi desde que PMs trocaram tiros com criminosos (Foto: Heloísa Guimarães/Inter TV Cabugi)
O ataque
Além do subtenente Amaurí, também estavam no barco o sargento João Maria da Silva e um amigo, que é civil. Eles pescavam quando uma canoa se aproximou. A polícia investiga se os criminosos tinham a pretensão de assaltar ou atiraram contra o barco achando que o grupo fazia parte de alguma facção criminosa rival.
Em meio ao tiroteio, o sargento e o amigo pularam na água. Atingido pelos disparos, o subtenente não conseguiu escapar e desapareceu no rio. Um dos criminosos, ferido, de alguma forma chegou ao hospital em busca de socorro. Lá, ele foi atendido e preso.

O amigo dos policiais foi o primeiro a ser encontrado. Ele nadou até a área onde fica a Cavalaria da PM e o Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope), na Zona Norte da cidade, e lá conseguiu se abrigar. O sargento ainda passou mais de 5 horas escondido em um viveiro de camarão, até ser encontrado e resgatado. Ambos passam bem, apesar do trauma.
G1/RN
Image and video hosting by TinyPic

Dois suspeitos são baleados em tentativa de assalto a carro de desembargador do TJRN

agosto 14, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Motorista de desembargador reagiu a assalto no bairro Tirol em Natal (Foto: Marksuel Figueredo/ Inter TV Cabugi )
O motorista de um desembargador do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte reagiu a um assalto e baleou dois suspeitos na manhã desta segunda-feira (14). O caso aconteceu no bairro Tirol, bairro nobre da Zona Leste de Natal.
A ação conteceu por volta das 6h40, a um quarteirão de distância do Quartel do Comando da Polícia Militar. De acordo com a assessoria da PM, o motorista era um sargento que estava em um veículo de trabalho do TJRN.
O policial estava parado, dentro do veículo, aguardando o desembargador descer do prédio onde mora, no Residencial América, relataram testemunhas. Foi quando dois assaltantes chegaram em uma motoneta.
Motorista de desembargador reagiu a assalto no bairro Tirol em Natal (Foto: Marksuel Figueredo/ Inter TV Cabugi )
Imediatamente, ao perceber a ação, ele abriu a porta, derrubou os suspeitos e atirou contra eles.
Um dos homens ficou ferido na Rua Maxaranguape, em frente ao condomínio. O outro correu, mas foi perseguido e caiu ferido na Rua Ceará-Mirim, na lateral do quartel da PM.
Os suspeitos são homens com 22 e 24 anos. Com eles, foi encontrado um revólver. Socorridos para o Pronto-Socorro Clóvis Sarinho, não correm risco de morte.
Fonte: G1/RN
Image and video hosting by TinyPic

VÍDEO: Revoltados com o empate entre América e Juazeirense, torcedores do alvirrubro poriguar quebram equipamentos e jogam cadeiras no campo da Arena das Dunas

agosto 13, 2017Senador Georgino Avelino Minha Cidade
Revoltados com o empate entre América e Juazeirense na tarde deste domingo, 13, alguns torcedores do alvirrubro Potiguar quebraram equipamentos da Arena das Dunas, jogaram cadeiras e sinalizadores no campo após o jogo. A confusão logo foi contida pela polícia e pelos seguranças do estádio.
Image and video hosting by TinyPic

NOSSA PÁGINA

Formulário de contato